top of page

Testes de Personalidade - Autocuidado



Vocês conhecem o teste de personalidade MBTI (Myers-Briggs Type Indicator)? Ele é uma ferramenta de avaliação de personalidade, baseado na teoria de Carl Jung, muito utilizada por profissionais das áreas de Recursos Humanos (RH) e coaches, que identifica a personalidade com base em quatro pares de personalidades opostas:


  • extroversão (E) versus introversão (I);

  • sensação (S) versus intuição (N);

  • pensamento (T) versus sentimento (F) e

  • julgamento (J) versus percepção (P).


O resultado é definido por 4 letras e assim como milhares de pessoas do mundo corporativo, eu já fiz esse teste em um passado bem distante e o resultado foi ISPP. Por curiosidade, após uma reunião com um profissional de rh, resolvi refazer o teste gratuito do site https://www.16personalities.com com a certeza que o resultado seria muito diferente! Dito e feito: foi o oposto: ENFJ! Esse resultado só foi possível, porque estou no caminho do autoconhecimento e mais próximo da minha verdade e essência! Como é prazeroso sentir que o trabalho interno que venho fazendo, está afinando cada vez mais as máscaras que utilizo para lidar com o mundo exterior, máscaras essas que foram e são usadas para me proteger de coisas que muitas vezes nem são reais.


Resolvi pesquisar um pouco mais sobre a eficiência deste e de outros testes e me deparei com uma ótima reportagem de Bruno Vaiano, editor da Você S/A “… É claro que testes de metodologia ruim são perigosos porque colocam as pessoas numa trilha errada para o autoconhecimento. E jamais se deve usar quaisquer testes de maneira discriminatória em entrevistas de emprego (não só o MBTI): se existe um consenso na psicologia, é o de que todo teste é uma simplificação; um esforço deliberado de encaixotar as pessoas para fins práticos, mas que deve ter a pretensão de resumi-las. No fim do dia, o caminho é seu: uma personalidade dentre 7,5 bilhões, e não dentre 16." https://vocesa.abril.com.br/desenvolvimento-pessoal/mbti-mitos-e-verdades-sobre-o-teste-das-16-personalidades ,


O teste é um ótimo pontapé para começar uma auto investigação, mas cuidado para não se encaixotar ou se maravilhar com o resultado e utilizá-lo de muleta para suas ações ou não ações.


Agora, se você fez o teste e não se reconheceu, vale a pena investigar o quanto você está sendo verdadeiro com você mesmo e com os outros. Você sabia que muitas vezes utilizamos as chamadas máscaras, para ganhar aprovação, validação, amor, ou então, por medo de ser julgado, de não merecer, de ser impostor?


Essa informação talvez seja forte para você ao ler, porém se você seguiu na leitura, há em você um despertar para uma consciência maior de si mesmo, na qual você pode estar mais próximo de sua verdade e de seu propósito.


Lembrando que, não há perfil certo ou errado, pior ou melhor, a grande questão é entender quais são suas fortalezas e quais áreas podem ser melhoradas.


Meu perfil, por exemplo, diz que sou melhor falando com pessoas do que escrevendo e eu concordo com o teste nesse aspecto, mas não é pela fala já ser algo mais fácil e trabalhado que vou deixar de melhorar a habilidade da escrita.


Os testes de personalidade, assim como o feedback do seu colega de trabalho ou mesmo a opinião do seu(ua) parceiro(a), se são recheados de verdade, podem trazer um grande benefício pessoal, mas isso só acontecerá se vocês assumirem responsabilidade por essa parte, que talvez vocês não gostem tanto. A verdade sempre é a melhor escolha e o melhor caminho!


Fique ligado nos canais do Café com Comprador!


Fernando Di Grazia


Esposo, pai, terapeuta, empresário e facilitador de processos de autoconhecimento. Após uma década no mercado corporativo, fiz minha transição para seguir o que acredito ser meu propósito, que é me conectar com pessoas e ajudá-las no processo de autoconhecimento. Em minha caminhada como terapeuta me formei em coaching ontológico, constelação familiar, hatha yoga, reiki, CNV, também faz parte de meus estudos do Pathwork, masculino saudável e o xamanismo.





Texto escrito por Fernando Di Grazia | 19/04/2023, com página no Instagram @fernandodigrazia , site https://www.fernandodigrazia.com/ e é colunista do Café com Comprador.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Comprador e de seus editores.

Comentarios


bottom of page