top of page

O marketing do Marketing e do Comprador de marketing

De quem é a culpa de um evento ruim? do Marketing ou do comprador de eventos?


Quem merece um reconhecimento quando uma campanha sai bem-feita? O comprador que negociou a campanha ou o Marketing?


Quem faz mais marketing dos seus resultados? Compras ou Marketing?


A relação dessas 2 áreas são intensas, as vezes fair, as vezes sai briga, mas todas as vezes são estratégicas, e pensando nisso, daremos luz ao tema e convidamos o Denis Kraiser, um dos principais executivos de marketing do pais, atual CMO da GEP Costdrivers, para escrever um texto, confira abaixo:


Compras: a área que mais precisa de Marketing.



Quando Al Ries explicou que o "marketing é uma batalha de percepções, não de produtos", provavelmente ele não se inspirou na área de compras e suprimentos de grandes corporações.



Afinal, historicamente, a percepção de pessoas leigas sobre esse departamento fundamental nas organizações tem sido um tanto negativa, quando não completamente ignorada.



Expressões como "tiradores de pedidos", "recebedores de bola" e "centro de custos" são algumas percepções incrustadas na mente de quem desconhece a relevância dessa área nos negócios.




Se os departamentos vendas, marketing e finanças sempre foram os queridinhos na percepção do público em geral como essenciais para que os negócios prosperassem, parece que a área de compras está precisando e passando por um rebranding na mente do público.


Iniciativas como o Café com Comprador tentam desmistificar essa área, tão desconhecida na percepção das pessoas. Um portal de conteúdo, eventos presenciais, lives educacionais... está cada vez mais nítido que o marketing chegou de vez à área de compras no Brasil.


Até mesmo termos derivados do marketing como "PESTAL" sobre os ambientes de mercado, matriz Swot, entre outros, fazem parte (ou deveriam fazer) dos profissionais de compras com visão mais estratégica de mercado.


Então, para você que é da área, minha dica é: estude, leia livros, faça cursos de marketing pois uma simples apresentação de resultados para o gestor pode ser muito mais valiosa se tiver um design bem elaborado do que o próprio resultado de Savings e Cost Avoidance em si.Pode parecer exagero, mas Savings de R$ 100.000 em um Power Point com design moderno e bem comunicado pode valer mais que aquele de R$ 1 milhão em uma apresentação monótona somente com textos nos slides.Lembre-se!


O que importa é o que as pessoas percebem do que você faz aliado aos seus resultados. Afinal, nenhum marketing é capaz de salvar um produto ruim.


Se você é um profissional de excelência e acredita no que faz, faça com que o mundo entenda a importância da área de compras, suprimentos, procurement e afins.Sua empresa ganha, você é promovido e o mercado vai entender cada vez mais a importância do profissional de compras na sociedade.


Boas compras!






Comments


bottom of page