LinkedIn - Uma vitrine para os recrutadores



Interações feitas na rede têm ligação direta com a sua carreira ou empresa, seja positiva ou negativamente.


O LinkedIn, rede social de negócios foi fundada em dezembro de 2002 e lançada em 5 de maio de 2003. Aqui estão as empresas, CEOs e os recrutadores. O LinkedIn há uns 10 anos era considerado um currículo online.


Hoje além dos profissionais que estão divulgando as vagas nas empresas, se transformou em uma rede conteudista, uma rede que busca cada vez mais networking, eventos, interação e a partir dela, gerando muitos negócios.


A grande diferença é que essas interações têm relação direta com a sua carreira (positivamente ou não) e com o sucesso da sua empresa, esta interação gera mais a busca do seu perfil e a sua visibilidade aumenta mais.


Dicas para ter um LinkedIn Campeão:

1) Foto de Capa: Escolha uma imagem que remeta a sua área de atuação. Dicas de sites gratuitos: Pixabay e Pexels.

2) Foto do Perfil: Escolha uma imagem que mostre quem realmente é. Sempre com fundo neutro, sem paisagens, festas ou viagens. Não faça selfie, a qualidade da foto diminui. Perfis com foto são quatorze vezes mais vistos, sempre em modo público.

3) Título: Não coloque "Em busca de recolocação profissional", o recrutador te procura pelas palavras-chaves e não no seu estado de desemprego. Escreva palavras-chaves que descrevam o seu cargo, função ou a área que deseja atuar. Ex: Gerente Comercial, Gerente Financeiro, ISSO 9001, SAP, Contas a pagar e receber, Gestão etc.

4) Networking genuíno: Adicione pessoas de áreas diferentes. Não saia mandando seu currículo de cara. Interaja com as pessoas, oferecendo insights, curtindo, comentando e compartilhando postagens. Networking é relacionamento.

5) Conteúdo: Escreva sobre a sua área de atuação, experiências de vida e profissional. Ofereça dicas e sugestões de eventos, palestras e Workshops.

6) Personalize a URL do seu perfil público, a sua direita da tela do seu computador.



Não adianta nada se você tem o perfil campeão (completo de informações solicitadas ao LinkedIn) se você não faz algumas tarefas:


→ Sua interação aumenta a visibilidade do perfil

→ Mostre conteúdo

→ Faça Networking com a sua rede

→ Entre em grupos do seu interesse e interaja

→ Humanize as interações, faça vídeos

→ Siga os Influencers e Top Voices do LinkedIn

→ Publique artigos, eles são o seu cartão de visitas quando alguém abre o seu perfil

→ Dê parabéns pelo aniversário e se sua conexão mudou de emprego. Mas eu nem conheço fulano? I-N-T-E-R-A-Ç-Ã-O!

→ Faça uma lista dos TOP 10 das empresas que você gostaria de trabalhar e conecte-se com estes profissionais (RH e Gestores da sua área de atuação)


Dica de ouro: Compartilhe suas experiências, fotos de eventos, palestras, conquistas do trabalho, cursos, diplomas, conteúdos valiosos para quem quer se desenvolver como profissional.


Afinal... Quem não é visto não é lembrado.


Escrito por Andréa Greco - Especialista em Recolocação (originalmente publicado no site folha dirigida, em 23/09/2020)