top of page

Vida de Comprador: Alguém viu meu fornecedor por aí?



VIDA DE COMPRADOR HEM... "Alguém viu o meu fornecedor por ai?" 1 - Material que deveria ser entregue às 15h e já são 19h e não chegou; 2 - E-mails de Follow-up não respondidos. E se você ligar, já cai logo na caixa postal; 3 – E quando respondeu, perguntou: Eu ia entregar hoje, mas só vai chegar daqui à 10 dias; 4 – Promete pronta entrega, mesmo não tendo o material em estoque; 5 – Passa um orçamento com um valor e quando finaliza o processo de compra fatura com outro, pois, teve mudança na parte fiscal e ele não te avisou; 6 – Cotado com frete CIF e faturado como FOB; 7 – Materiais diferentes do solicitado, mesmo tendo confirmado as especificação técnicas; 8 – Entrega parcial não informada previamente, prejudicando assim todo o planejamento e projeto; 9 – Execução de serviços sem ter a liberação ou EPI’s necessários; 10 – Entrega no local errado e quer cobrar um novo frete para fazer a entrega no local certo. Continue você mesmo... A gente fala muito sobre a culpa ser do comprador. Mas.. e quando a culpa é do fornecedor? Ainda assim a culpa será sua e eu vou te explicar o porquê.

Uma das etapas mais importantes da área de compras é a gestão de fornecedores. E o maior erro é começar a fazer a gestão quando o cara já está dentro, trabalhando com você. Esse mapeamento precisa ser antes. A gente vai falar aqui sobre isso.

Mas antes eu queria te lembrar que por mais legal que o fornecedor seja, ele não é seu amigo. Ou pelo menos não deveria. Normalmente as empresas têm regras de compliance que proibe que sejam feitos negócios com conhecidos e familiares. Eu por exemplo não dou WhatsApp para fornecedor e nem aceito que me mande mensagens em redes sociais. Isso faz com que a gente estabeleça limites nessa relação e evite muitos problemas por conta da comunicação ou o excesso delas. E esses limites são necessários. Muita aproximação na hora de fazer negócios, por diversas vezes, colocam compradores em situações de incômodos decorrentes por mau desempenho dos fornecedores e o medo de penalizá-los. Atenção, isso compromete sua imagem como profissional e a credibilidade da empresa. E vale te lembrar que quando acontece algum problema com o fornecedor, seu cliente interno não vai nele fazer qualquer tipo de cobrança. Quem vai precisar explicar somos nós e aí o bicho pega.

Compradores: Estabeleçam boas relações e comunicações com fornecedores para que tenham visibilidade de todo o processo pós-venda. O fornecedor ideal é aquele que te ajuda a comprar melhor. E isso não é sobre preço baixo. Ele precisa estar disposto a entender o que você precisa e compartilhar a responsabilidade quando alguma coisa de ruim aconteça. De onde eu venho, quando a pessoa foge ou some isso não é bem-visto não. Fornecedores: Tenham em mente criar parcerias e não comente bater sua meta. Se você pensa apenas naquela compra como algo pontual, vai dar ruim. A gente precisa de vocês, mas podemos encontrar outros no mercado. Isso aqui é uma ameaça do amor. Hahahahaaha! Inclusive me manda seu portfólio, vamos conversar!


Jean Durval é Engenheiro de Produção, Pós Graduado em Gerenciamento de Projetos e Cidades Inteligentes e Sustentável, Certificado em Diversidade e Inclusão nas Organizações e estudante de Psicologia, é profissional com mais de 13 anos de carreira, desenvolvida nas Áreas de Supply Chain & Procurement e Linkedin Creator.




Texto escrito por Jean Durval | 16/05/2023, com página no instagram @jeandurval/ é conteudista do Café com Comprador e Café com Humor.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Comprador e de seus editores.

Comments


bottom of page