top of page

Farol APX: Análise do Mercado (12 a 16 de junho de 2023)



Veja o que preparamos para você ficar bem informado nesta semana. O mercado interno e externo segue se movimentando e aqui no Farol APX, buscamos trazer as principais notícias do mercado para você.


Cenário Nacional


No mercado interno, notamos que os combustíveis seguem caindo, mesmo que timidamente, mas continuam reduzindo nos postos para o consumidor final.


Conforme os gráficos abaixo, com as últimas publicações da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Brasil), pode-se evidenciar a queda nos preços.



1 - ÓLEO DIESEL S-10


O óleo diesel apresentou uma forte queda nos postos, quando analisado no último mês. Os preços na região sudeste, maior polo consumidor de diesel no país, por exemplo, saíram de R$5,71/LT em 06/05/2023 para R$5,16/LT no início deste mês de junho. Representando uma queda de -9,63% ou -R$0,55/LT.



2 – GASOLINA COMUM


A gasolina também registrou queda no período analisado. Porém, já na semana corrente, entre os dias 12 e 16 de junho, podemos notar um incremento nos preços em alguns postos pela cidade. O retorno do PIS/COFINS e o ICMS monofásico seguem como principais agentes responsáveis por tal aumento.



3 – ETANOL HIDRATADO


O etanol, principal concorrente da gasolina, segue a mesma tendência de sua rival nas bombas. Além de monitorar os preços da gasolina, se você negocia este combustível para a empresa em que trabalha, é possível também monitorar maiores dados no site do CEPEA.



4 – GLP (GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO)


O GLP, de forma similar ao diesel, vem sofrendo quedas nos preços, porém, não na mesma proporção. Os preços acima, do gás liquefeito de petróleo, representam a média nas regiões em destaque, todavia, ele pode ser negociado a preços bem menores dependendo do volume de cada cliente consumidor.



Cenário Internacional


Já no cenário internacional, estamos presenciando certa estabilidade na cotação do petróleo, tanto ao tipo Brent, como ao WTI.


O BRENT, por exemplo, após testar forças para furar a barreira dos US$ 90/barril no dia 11 de abril, voltou a manter uma estabilidade na casa dos US$ 75/barril. A alta de abril, ocorreu devido a preocupações do mercado sobre anúncios de possíveis cortes da OPEP, e que de fato ocorreu unilateralmente pela Arabia Saudita, que anunciou a redução de 1 milhão de barris por dia do mercado. Buscando assim, pressionar a oferta e alavancar os preços do seu ouro negro.



1 – PETRÓLEO BRENT



2 – FORECAST DO PETRÓLEO BRENT


Fique de olho no Forecast criado pela APX, iremos atualizá-lo todo mês com o fechamento das cotações do Brent, e assim, seguiremos monitorando o mercado de forma estratégica, com dados e fatos para nossas negociações do dia a dia.


Se você gostou, compartilhe esse material com algum amigo, nós da APX ENERGY, acreditamos que informação que se compartilha, é conhecimento que se multiplica.


Em breve, teremos cursos e treinamentos via Café com Comprador para o profissional que busca se destacar no mercado e alavancar a sua carreira. Então, fique de olho e não perca, pois as vagas serão limitadas.


Para saber mais, acesse: www.apxenergy.com.br




Texto escrito por Alex Ponce | 13/06/2023, fundador da APX Energy , com página no Instagram @apx_energy_brazil e é colunista do Café com Comprador.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião do Café com Comprador e de seus editores.

コメント


bottom of page