Como a diversidade tem impactado os negócios no mercado B2B?



O tema diversidade, além de ser uma pauta social, tem sido apontado por empresas como um diferencial nos negócios B2B e se tornado objeto de discussão entre especialistas e empresários.


Pesquisas recentes têm reiterado a importância do assunto no ambiente corporativo. Uma delas é o Cenário de Vendas no Brasil 2021, feita e divulgada pelo LinkedIn. Os resultados mostraram que mais de 90% das empresas concordam que a probabilidade de compra aumenta quando o próprio time de vendas reflete a comunidade e a indústria de atuação.


Outro dado interessante vem do relatório atual da Mckinsey. O grupo faz um recorte em relação ao potencial de aumento no faturamento das empresas, que se preocupam com a diversidade: nessas, o volume é 15% a mais em companhias que têm mulheres em cargos de liderança e 33% superior naquelas onde há diversidade étnica e cultural.


A questão, agora, é entender como as novas lideranças vêm trabalhando a temática nas empresas. E como, de fato, a diversidade impacta nos negócios B2B.


Diversidade que gera inovação


O tema da diversidade não é novo, mas vem ganhando cada dia mais espaço nas empresas, que incluem as mais variadas discussões, como:

- equidade de gênero em cargos de liderança;

- mais representatividade das mulheres em conselhos de administração;

- oportunidades para profissionais seniores e pessoas trans;

- programas e iniciativas voltadas à questão LGBTI+;

- entre outros.

Além disso, especialistas têm algumas justificativas, quando observaram o tema diversidade como forte tendência no cenário de vendas no mercado B2B.

Afirmam que negociações são feitas por pessoas, e isso tem reforçado a necessidade de as equipes terem um olhar mais humanizado sobre as vendas.

Time diversificado e plural


As novas lideranças têm estado na dianteira deste processo quando o assunto é diversidade. Prova disso vem da Smarkets, liderada pela CEO, Mônica Granzo, e pela CSO, Mary Albuquerque, duas jovens lideranças que se orgulham da formação de seu time, cada dia mais diversificado e plural.

“A principal vantagem da diversidade em qualquer negócio é a possibilidade de formar uma equipe multidisciplinar, com pessoas de origens, vivências e experiências singulares. Isso traz um benefício que é rapidamente percebido: o seu time passa a contar com diferentes olhares para o mesmo problema, o que consequentemente reflete no resultado”, diz Mônica Granzo, CEO da Smarkets.

A Smarkets valoriza iniciativas de inclusão racial, igualdade de gênero, contratação de LGBTQI+ e PCDs promovendo, dessa forma, uma cultura de diversidade.

O time é formado por profissionais experientes em suas áreas de atuação, como vendas, TI e governança. Preparados para liderar projetos que envolvem muita tecnologia e inteligência artificial, atividades que posicionam a Smarkets na dianteira do segmento de compras B2B.

Para conhecer mais sobre a Smarkets, acesse o site da empresa: https://www.smarkets.com.br/



Texto escrito em 22.06.2021