Ajustando as contas em pontos que merecem sua atenção



Entender como gerir uma conta bancária não tem segredo, só é preciso uma supervisão em cima se você não possuir uma gestão coerente de entradas e saídas do seu cartão de crédito ou da sua conta bancária. Não que o PIX seja um monstro que você não possa ter o controle devido e sair gastando sem nenhum cabimento, mas a facilidade e o acesso não são bons para estar próximo, por isso cria-se senhas, logins, para que enquanto você está no ato de pagar pense com seus botões: “realmente essa compra será necessária?”


É sempre melhor pensar três, quatro vezes antes de finalizar uma compra do que ter de devolver o produto ou cancelar o produto. Não que não seja seu direito cancelar o serviço/produto conforme relaciona o Código de Defesa do Consumidor, mesmo em compras virtuais com tempo de desistência conforme o Código de Defesa do Consumidor – Lei 8.078/1990, que diz:


Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.


Certamente o CDC existe e é posto em prática para mediar entre consumidores e vendedores, mas não interprete somente dessa forma. Se o comprador deseja uma fidelização de um cliente, se ele já observa que sua prática impactará para que este cliente traga outros pela comidade e interesse em seus serviços e produtos, não há de ser problema um cancelamento ou uma troca. Talvez ele tenha um imprevisto de saúde, agenda e não poderá comparecer no evento, ou não gostou do produto, não o satisfez como deveria e troque por outro, interprete também como uma oportunidade. A empresa pode ter uma política sobre trocas que você deva cumprir, não utilize esse caso como maneira de burlar essa política, cumpra mesmo que interfira sua carteira: regras são regras, todavia se não há um critério tão incisivo, se a troca beneficiará a empresa, talvez o cancelamento não é de todo ruim, pois o produto está em bom estado e ainda pode ser vendido.


Ter uma reserva de emergência no negócio é um ponto muito importante para você que trabalha com compras. Não pratique a consciência maleável que a reserva é insubstituível ou não tocável. Não é essa ideia, é para ser usada sim como precaução daquele momento. Por isso, é preciso estar preparado também para repor aquele saldo na conta de emergência, pois haverá uma outra vez que será muito útil como foi agora. Para pagamentos de compras, reposição, fluxo de caixa, peças, estratégias financeiras, utilizar a reserva de emergência é uma opção, todavia não faça uso dela para hedge ou proteção de mercadorias como no caso de câmbio, ou para por em risco no seu fluxo de caixa, pois “navios podem afundar” e talvez não seja uma boa estratégia “queimar” todo o seu fundo com gastos que beneficiaram um futuro muito distante. Merece atenção esse ponto estratégico para sua conta.


Normalmente, ajustes de contas ocorrem no final do mês, mas porquê não realizá-las por meio de verificação no início também. Claro que há casos mais casos, entretanto a ideia de agendar pagamentos como no caso do débito automático é para ter uma gestão de seus pagamentos correntes enquanto preocupa-se com outras coisas, mas quê coisas? É justamente sobre essa sequência de pagamentos que pode haver a diferença entre você verificar onde pode gastar a menos e onde pode investir a mais. É uma inteligência. Muitos não prestam atenção no valor pago do cartão de crédito e débito, mas se olhassem bem há taxas ou valores que podem ser evitados. Essa ação poupa em um mês alguns reais? Imagine a somatória em um ano? Com certeza faria ter capacidade para investir mais e aproveitar em determinada compra que desejaria. Isso faz toda a diferença.


Pra completar o ajuste de contas, tenha as notificações ativadas em seu celular e na sua conta. Além de ser um padrão de segurança é uma medida para você entender como é sua gestão financeira. Não se preocupe com as notificações, preocupe-se com a conta que está sendo trabalhada. Se os empreendedores de sucesso dizem que é preciso ter mais receitas do que despesas precisa-se captar essas mensagens. Se os recursos ficaram curtos em um mês, calma, é preciso ter “jogo de cintura” para atender as prioridades, principalmente naquelas que não é recomendável atrasar como as que possuem juros maiores ou as de consumo sobre sua atividade econômica e de outros assuntos, como estudos, lazer, esporte, etc.


Pense em você. A sua conta mais importante é a sua felicidade. O sorriso no rosto de quem você ama e quer bem junto com o seu não possuem preço, possuem valor inestimável. E essa valorização que enche seu peite é a esperança e consequência sobre pontos que merecem atenção.



Abraços.




Texto escrito por Thales Kroth | 08/06/2022, colunista do Café com Comprador.